O Alcalde socialisto de Vigo é condenado pola xusticia a derrubala de urxencia pero segue negándose

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

O PSOE contrata para o Sam Froilám umha espanhola que fai apologia do terrorismo fascista

Charo Reina no acto de Blar Piñar en 1978
A 'folclórica' espanhola Charo Reina sempre se gabou das suas ligaçons com o fascismo espanhol.

Apoiou publicamente o ultra-direitista espanhol Blas Piñar e mesmo se tirou fotos vestida de Falangista.

5 de setembro de 2013 - Galiza - Diário Liberdade
Charo Reina gosta de posar com o uniforme da Falange, apoiou a candidatura do fascista Blas Piñar e justifica o uso da "violência" fascista quando se ofende "Deus e a Espanha".
  
Coletivos, associaçons e BNG denunciam a presença desta elementa  
Vários coletivos e entidades culturais de base lamentárom o esbanjamento de dinheiro público dos vizinhos e vizinhas de Lugo em convidar umha cantora de péssima qualidade como Charo Reina e que ainda por cima é umha franquista reconhecida.

Também o Bloco Nacionalista Galego, através do seu porta-voz na Cámara Municipal, Antom Vau, criticou a contrataçom da cantora da extrema direita para o programa de festas do Sam Froilám. Aliás, Vau preguntou ao PP se nom considerava, neste caso, que se estám a “politizar as festas”, como acusara a direita espanhola ao BNG quando a organizaçom nacionalista organizara as festas noutros anos.

Corrupçom e esbanjamento de dinheiro público
Para além do mau gosto musical e da ofensa à democracia galega que supom a contrataçom desta "folclórica" espanhola, o PSOE, apesar da crise, também contratou um "gerente" para a gestom das festas. Para ocupar a vaga foi "selecionado" um cargo de confiança do PSOE, que receberá 10.000 euros por três meses de trabalho.